2 de setembro de 2016

HISTÓRIA DA MODA: anos 20

Nessa década nós temos uma continuidade da moda dos anos 10. Para as mulheres, há a presença da androginia representada pelos seios achatados com faixas, além da cintura não ficar mais curva e ser deslocada para a altura dos quadris. Os vestidos e saias encurtaram pouco abaixo dos joelhos, para que as moças pudessem dançar sem empecilhos. Ou seja, finalmente as pernas estavam a mostra! E foi aí que as meias de seda cor-de-pele entraram.

A saia encurta e a perna fica aparente no look

É nessa época que as roupas de classes baixas e altas quase se igualaram. A diferença estava no tecido e na qualidade das peças, mas em modelos, eram quase iguais. As formas foram simplificadas para dar lugar a um maior movimento e as formas geométricas entraram em cena por causa da Art Decó que predominava na década.

Era comum o uso do pó-de-arroz, batom vermelho (criando a forma de um coração) e cílios em evidência. Os cabelos curtos estilo à la garçonne (parecido com o dos homens) era o corte da época, coberto pelo cloche, chapéu em formato de sino com pequenas abas. É aqui também que nasce o sutiã e que as roupas de banho encurtam, deixando a coxa a mostra. Apareceram as meninas apelidadas de “melindrosas”, que mantinham o cabelo curto, fumavam em publico, dirigiam carros, dançavam jazz e charleston e usavam muita maquiagem.

Melindrosas, as mulheres ousadas da década de 20


Coco Chanel foi o destaque da década e inspirou-se em trajes masculinos para criar artigos femininos. Introduziu o tweed, tecido barato que não era usado pela alta costura até então. E graças a ela até hoje o “pretinho básico” é conceituado. Até Chanel lançar essa moda, o preto era usado apenas no período de luto, geralmente por senhoras e nunca por jovens. Saiba mais sobre a importância de Chanel para a libertação feminina nesse link.

Chapéu cloche, saias com comprimentos próximos do joelho, pérolas no pescoço, cabelos curtos, cintura deslocada para baixo e seios apertados por faixas: características das vestimentas dos anos 20

Para os homens, o começo da década foi marcado por terno curto e depois, passaram a usar calças retas e curtas, que mostravam as meias. Mais para o fim dos anos 20 surgiram calças mais amplas. Entraram em cena o tecido Príncipe de Gales, os sapatos bicolores e o chapéu coco. O smoking era usado a noite ou em ocasiões formais.

As calças curtas e amplas usadas nos anos 20

Quase nos anos 30, surgiram as franjas e a assimetria entre a parte da frente e a de trás do comprimento das roupas. E pra finalizar esse post, fiquem com essa foto da equipe de rifle feminina dessa década:

2 comentários:

  1. Nossa que post! Adorei saber um pouco sobre a moda dessa época,já tinha visto um pouco dos trajes em filmes e sempre fiquei curiosa sobre o chapéu. E agora já sei que ele se chama cloche, e Coco Chanel ah... é muito bom ler post sobre ela, vamos relembrar que fez história não é?
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Fiquei impressionada com o post! Ficou incrível. Adorei poder conhecer um pouco mais sobre a história da moda. Você contou de uma forma muito interessante! Parabéns!
    Beijos!

    ResponderExcluir