11 de maio de 2016

História da Moda - ANTIGUIDADE (egípcios, assírios, babilônios e persas)

Antiguidade é a época da história que engloba desde a criação da escrita até as primeiras expressões artísticas do cristianismo.

No Egito
Essa civilização se formou no nordeste africano, nas margens do rio Nilo, entre 3.200 a.C. e 32 a.C.
No Antigo Império (antes de 1.500 a.C.), a vestimenta era feita de linho, que era enrolado em torno do corpo e prendido com espinhos. O chanti (tanga curta com cinto) era usado por ambos os sexos. Os monarcas e os nobres se diferenciavam graças aos tecidos mais ricos e os ornamentos.
No Novo Império, foi acrescentado o calasiris: túnica longa e semitransparente usada por cima do chanti, que já não era mais curto e ganhou drapeados.
Perucas produzidas com cabelo natural eram adornadas com enfeites e usadas por todos. Os faraós usavam duas coroas na cabeça (correspondentes ao Norte e ao Sul) e maquiavam os olhos. Animais eram considerados divinos nessa época e por isso sacerdotes usavam roupas com estampas de bichos.


Na Assíria e na Babilônia
Esses povos viviam na região da Mesopotâmia, entre os rios Tigre e Eufrates, onde atualmente é o Iraque. A vestimenta era composta de uma túnica com mangas curtas bem parecida com o calasiris egípcio. Nobres se diferenciavam por usar essa túnica em comprimento mais longo, cintos bordados e o uso de estola. 

 

Na Pérsia
Os persas foram os responsáveis por dominarem a civilização da Babilônia no século VI a.C. Suas roupas eram compostas por túnicas com franjas e mantos. Os tecidos dividiam-se em lã, linho e seda (que era trazida da China). Nos pés vestiam botas de couro com a ponta ligeiramente voltada para cima. Com eles, surgiram roupas repartidas, parecidas com nossas calças. 


Nenhum comentário: