20 de maio de 2016

História da Moda - ANTIGUIDADE CLÁSSICA (Creta, Grécia e Roma)

Creta 
O vestuário masculino e feminino já começava a se diferenciar nessa época. Para as mulheres, a vestimenta se compunha de saias longas em formato de sino, com babados e cintura bem marcada, blusas de manga curta, que deixavam os seios a mostra (representavam fartura e fertilidade). O chapéu nessa época possuía algum animal em seu topo.
Para os homens existia uma tanga com a cintura bem definida por um cinto. O restante do corpo ficava descoberto. Os cabelos deles eram compridos e cacheados.


Grécia
Eram usadas túnicas de linho (conhecidas como quiton) e sobrevestes de lã (conhecidas como peplo ou clâmide).
Quiton: usadas por homens e mulheres, embora o feminino fosse sempre de comprimento longo, enquanto o masculino possuía uma versão curta, usada apenas para o dia. O quiton é feito de um tecido retangular, preso nos ombros com broches ou agulhas. Possui uma das laterais aberta e a outra fechada. Um cordão/cinto completa a vestimenta.
Clâmide e Peplo: ambas são capas feitas de lã, em formatos retangulares. O feminino era conhecido como peplo e o masculino era chamado de clâmide. Eram peças decoradas que chegavam até os pés, ajustadas no ombro por broches, deixando os braços a mostra. Eram usadas com auxílio de cintos na altura da cintura.
As roupas gregas possuíam muitas cores e detalhes, como drapeados. Nos pés, a famosa sandália com tiras de couro.
Mulheres usavam os cabelos cacheados e presos na nuca. Mais tarde passaram a ser amarrados na cabeça no formato de cone. Os homens mais velhos usavam barba e os mais novos tinham o rosto limpo e coroas adornando a cabeça.


Roma
Nessa época, existiam vários tipos de túnicas que possuíam diferenças conforme a posição social e a idade. Homens mais privilegiados vestiam-se com uma túnica por baixo e outra volumosa e drapeada por cima; os menos favorecidas usavam somente a de baixo. Ocupantes de cargos públicos usavam togas brilhantes (um giz branco era passado sobre o tecido) para chamar atenção durante seus discursos.
As mulheres também usavam túnica, só que de maior comprimento, muitas vezes também era sobreposta por outra. A de cima possuía mangas. Os cabelos eram presos em coques ou com cachos feitos com pinças quentes. Adornavam-se com muitas joias e calçavam sandálias.
As roupas eram muito regradas em Roma. Quem não se vestisse conforme a lei era punido, inclusive, com prisão. 

Nenhum comentário: