20 de dezembro de 2011

SWU - dia 3

Último dia de SWU. Mais um dia com chuva. Mas nesse tudo era diferente: eu queria assistir todos os shows. ÓBVIO que não consegui. Motivo número 1: MUITA dor nos pés – que já estavam cheios de bolhas – e nas pernas. Antes de ir para a arena mergulhei meus pés em água com um milhão de coisas para tentar relaxar/tirar a dor. Não obtive muito sucesso, devo dizer.

Meu namorado ficou fulo comigo porque demorei para me arrumar e perdemos o show dos Raimundos. Minha sorte é que eu não gosto de Raimundos, hê. Mas assistimos Duff McKagan’s, num show muito bom. Adoreeeeei!

Mas o show mais esperado do dia por mim era do Down. E juro que eu achei que seria má-ô-menos, mas cara, FOI SENSACIONAL. Ficamos próximos ao palco, embora na lateral dele. E foi um dos shows que mais aproveitei dos três dias!

Depois, vimos um pouco de 311 no telão. Embora eu quisesse muito assistir o show, estava cansada demais para andar até o palco, prontofalei.

Chegamos pros lados do New Stage na hora do Miyavi tocar. Foi bem legal, nem conhecia ele... assisti ao show sentada, tentando descansar, porque sério, eu estava DESTRUÍDA!

Assistimos Crystal Castles (que meu namorado ODIOU) e então o tão esperado Simple Plan. Não que eu goste hoje em dia de Simple Plan, mas foi uma banda que marcou demais minha pré-adolescencia. #Vouconfessarque já chorei em casa por não poder ir em um show deles quando era mais nova. Assisti o show na grade do palco, chorei MESMO em Perfect, tomei MUITA chuva, cantei quase todas as músicas (supreendentemente), fiquei triste pela Pam não estar lá comigo, pulei demais em Jump, que é a música que nos fazia dançar quando éramos pivetes, haha! Foi lindo também ver de perto David Desrosiers, meu amor platônico infantil, rs. E ele ainda me desce do palco, assim, tão perto de mim... AHHHH! Sou boba. Depois, descidimos ir embora. Faith No More tocou muito tarde, não agüentei esperar, fiquei cansada demais, tomei chuva demais, só queria saber da minha cama! HAHA. Então viemos embora.

Os três dias não chegaram nem perto do último dia de evento de 2010 (11 de outubro), mas com certeza festivais são experiências únicas e inesquecíveis. Não me arrependo de ter ido nos 3 dias. Aliás, desse ano, no quesito shows, só me arrependo de uma coisa: não ter comprado assim que saíram os ingressos pro Rock in Rio, o que me fez ficar sem poder ir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário