12 de agosto de 2013

E hoje eu vim para recomendar JOGOS! :)

Eu fui uma criança vidrada em jogos. Lembro até hoje de quando a Dynacom lançou aquele “Magic Computer”, um videogame que vinha com teclado, sensação nos anos 90. Claro que pedi um pros meus pais e fiquei extremamente feliz quando ganhei de aniversário. Passava horas jogando. Mas a parte mais tensa da minha vida foi quando comecei a jogar The Sims. Fui viciada demais no 1 e no 2. Essa foi a pior época porque além do The Sims encontrei tempo para jogar Mu Online, um MMORPG e céus, eu SÓ pensava naqueles jogos. Quanto ao Mu, eu ficava contando os minutinhos pra sair da escola e poder upar minha elfa. Comia na frente do PC. Fazia estratégias na cabeça. Dormia pouco pra jogar mais. E sempre ficava naquela dúvida cruel de “jogo The Sims ou Mu?” 
Hoje sou desencanada de jogos. A não ser os do celular, que jogo mais pra matar o tempo quando estou esperando em alguma fila, por exemplo. Porém, vez ou outra, recebo indicações de alguns games que me vejo na obrigação de conhecer. Foi o caso do Slender: The Eight Pages, que é um jogo de survival horror. Você está lá, sozinho, no meio de uma floresta, a noite, com apenas uma lanterna. Seu objetivo é encontrar oito páginas deixadas pelas vítimas do Slender – que, para quem não sabe, é uma lenda urbana de um homem alto, que usa terno e tem braços longos. O pior disso tudo é que o Slender surge do nada no jogo, e a bateria da sua lanterna vai diminuindo conforme você anda pela floresta. A música também aterroriza. Só não fiquei viciada nesse jogo pelo seguinte motivo: NÃO JOGO SOZINHA, TENHO MEDO MESMO, BEIJOS. Mas ele tá lá, disponível para download gratuito e eu super recomendo.
Aí que esses dias, conversando com meus amigos sobre o Slender, um deles comentou sobre uma versão do jogo do Pac Man (é, o “come-come”) em primeira pessoa (FPS-MAN). Disse que era um tanto desesperador fugir dos monstrinhos estando na pele do Pac Man. E quanto a música desse jogo, só posso dizer uma coisa: TRILHAS SONORAS DE JOGOS ME METEM MUITO MEDO. O jogo não me deixou tão aterrorizada quanto o Slender, porque os monstrinhos são até que bonitinhos, mas cara... não é fácil ser o Pac Man... hahahaha! Dá pra jogar online e eu recomendo também.

Uma pena as férias terem chegado ao fim, porque esse do Pac Man eu perderia dias jogando super fácil! #Vemnimimferiado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário