30 de junho de 2011

A vida de Patti Smith e Robert Mapplethorpe

Sabe quando você começa a ler um livro e não consegue mais parar? Essa experiência me pegou com poucos livros e o último deles foi "Só Garotos" da poeta e cantora Patti Smith. Não dá para descrever esse livro, só lendo mesmo. Ele fala basicamente de amor. E você consegue sentir como se conhecesse profundamente tanto Patti Smith, quanto o fotógrafo Robert Mapplethorpe, seu grande companheiro. Os dois tiveram uma linda história juntos de superação, ajuda, companheirismo e muito amor. Passaram por diversos lugares, sempre perseguindo seus sonhos. Dividiam dinheiro, alegrias e dificuldades.No livro, além de ler uma autobiografia da própria Patti Smith, conhecemos também pelos olhos dela Mapplethorpe, grande artista, que descobriu sua homossexualidade numa época difícil e passou a expressar isso em sua arte. Sempre aspirou ser da alta sociedade, enquanto Patti procurava apenas reconhecimento, viver da arte. No final, encontraram seus caminhos e embora com destinos diferentes, ficaram sempre juntos. Patti virou líder de uma banda de rock 'n' roll, casou-se com Fred Sonic Smith, teve filhos e Robert descobriu que além da pop art que sempre produziu, era bom com uma câmera nas mãos. Robert viveu até o fim de sua vida com Sam Wagstaff, que faleceu antes dele, vítima de aids.
A separação de Robert e Patti foi ocasionada pela morte de Robert, também vítima de aids em 1989 e resultou no livro Só Garotos, que ela prometeu a ele escrever sobre história dos dois. Pelo que dá para perceber, Robert amou uma única mulher para relacionar-se como homem - mulher em sua vida, e essa foi Patti Smith. Linda história, cercada de arte por todos os lados.
Patti Smith começou como desenhista, passando em seguida para os poemas. Escreveu canções e gravou seu primeiro disco, Horses, com a capa fotografada por Mapplethorpe.

Robert fotografava a si próprio, tinha sua musa inspiradora: Patti Smith e fazia muitas fotografias de pessoas nuas e flores.

Um comentário:

  1. Esse livro é realmente muuito bom, eu virei a noite lendo e ouvindo música. Seu blog é muito interessante, parabéns.

    ResponderExcluir