22 de junho de 2017

Admiração é um sentimento nobre


Não há nada como admirar alguém. Pensa comigo: gostar é tão fácil, basta simpatizar com a pessoa e pronto, já podemos dizer que gostamos. Amar implica em conhecer melhor esse alguém e desenvolver um sentimento mais profundo, onde até os defeitos são dignos do nosso afeto. Agora admirar é outro nível. Admiração não é só gostar, não é só amar, é ter um sentimento que enaltece a pessoa em questão, é coloca-la em um pedestal bem alto. É expressar sincero respeito, é veneração pura, é sensação de êxtase com a pessoa. É um sentimento nobre!

Não admiramos quem não nos inspira e, para nos inspirar, a pessoa tem que ter tido sucesso em alguma coisa. Isso não significa que ela precisa ter conquistado alto poder aquisitivo, ter o carro do ano ou possuir um iate para usar em sua ilha particular. Às vezes sucesso é passar em uma prova para a qual a pessoa perdeu noites estudando; ou pode ser juntar as moedinhas que encontra pela casa e ver que, no final do dia, se tem dinheiro suficiente para comprar pão pra família toda. Admiração é uma sensação grande, quase santa, mas nem sempre precisamos de motivos imensos para nutrir esse sentimento por alguém – até por que, estamos cansados de saber, as maiores riquezas residem em pequenos detalhes

Ao mesmo tempo em que admiramos também queremos ser admirados. Uma matéria do Correio Braziliense fala sobre uma pesquisa que associa esse sentimento com aquilo que compartilhamos na internet. Sabia que quando decidimos compartilhar um post, seja ele texto ou imagem, acionamos uma parte do cérebro que tem o desejo de despertar a admiração alheia? Ou seja, nós queremos ser admirados pela nossa opinião, o que não me parece grande novidade, mas esse estudo talvez possa explicar aquela velha história de compartilharmos apenas os momentos bons no Instagram. Não queremos expor nossas dificuldades e sim nossas vitórias, isso atrai mais as pessoas e causa maior comoção – logo, é mais fácil de conquistarmos a admiração dos outros. 
 
Só não se esqueça que ninguém é perfeito, então, independente de quem seja seu alvo de admiração, com certeza essa pessoa possui defeitos. E tudo bem! Não conheceríamos o bom se nunca tivéssemos experimentado o ruim, certo? 
 
Esse post faz parte do Desafio Imagem/Palavra do grupo Interative-se!
Desafio Imagem/Palavra do grupo Interative-se!

11 comentários:

  1. Oi! Nossa, que reflexão! Adorei esse estudo que você citou, vou procurar para lê-lo melhor. Realmente, o mundo da tecnologia está voltado para ganharmos seguidores, admiradores. Em um momento de formadores de opinião, queremos deixar a nossa bem expressa e queremos encontrar quem as siga. Adorei o texto!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oie, tudo bem? Realmente a admiração é um sentimento nobre e devemos sentir por aquelas pessoas que nos transmitem coisas boas. Todos nós temos defeitos, mas algumas pessoas em especial deixam transparecer bem mais as qualidades e é isso o que as torna tão diferentes. Que haja cada vez mais pessoas admiráveis no mundo, concorda? Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  3. Olá tudo bem?nossa adorei esse post uma reflexão completa,apesar de sempre estarmos atras da perfeição das pessoas isso não existe todo mundo tem um defeito às vezes até varios,e a admiração é conquistada aos poucos,por isso tentamos dar o melhor para sermos reconhecidos e admirados!to conhecendo seu blog e seguindo tbem gostando muito quando der da uma passadinha no meu ele tem apenas um mês,passa lá vou ficar muito feliz 😉Fla amancio kibelezza

    ResponderExcluir
  4. Uma linda e profunda reflexão em tempos de selfies e likes. bjsss

    ResponderExcluir
  5. Oi Grazi , adorei seu texto muito bonito e reflexivo. Você escreve muito bem.
    Obrigada pela visita lá no blog, já estou te seguindo.
    um beijoo e ótima semana.

    www.chuvanojardim.com.br

    ResponderExcluir
  6. Muito interessante o texto e o seu ponto de vista. Eu geralmente admiro pessoas que eu sinto que podem me acrescentar algo, ou que me fazem sentir melhor, e isso passa longe do poder aquisitivo. Linda reflexão!
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Admiração por um ser humano é algo que deveríamos cultivar sempre. Infelizmente nem todos, e nem sempre muitos nos dão razões para merecer admiração.

    ResponderExcluir
  8. Nunca tinha parado para pensar que admiração é algo que vai além do amor, e isso é realmente verdadeiro; percebo que o sentimento que eu nutro pelas pessoas que eu admiro é algo realmente grandioso. E também nunca havia pensado no fato de que postamos nas redes sociais algo que possa fazer outras pessoas nos admirarem e chega até ser engraçado pensar nisso.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito do post. Realmente admirar é algo profundo, um sentimento que poucos conseguem ter pelos outros !
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oiie!

    Parabéns pelo texto, amei! Realmente admiramos alguém que tenha conquistado algo. Aquela vontade de seguir os mesmos passos :)

    Adorei!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Uns tempos atrás eu li algo que me lembrou o que você disse no texto (que está lindo, por sinal!): a gente tem que se apaixonar/amar quem nos admira e admira o que fazemos, assim como devemos apoiar a outra pessoa nas decisões dela. Isso me faz pensar demais em como as pessoas hoje vivem criticando o que os outros fazem... pra mim, isso acaba tornando tudo muito vazio. Seria tão mais incrível poder ter alguém ao nosso lado que nos apoia, que nos admira <3

    ResponderExcluir