10 de setembro de 2015

Melhor do que comprar na farmácia

Se tem uma coisa que eu adoro é o famoso do-it-yourself. Amo poder produzir algo e usar depois. É assim desde a época do Orkut quando eu aprendi em alguma comunidade como fazer máscara de aveia e mel pro rosto. Nas minhas aulas de modelagem e de corte e costura a parte mais mágica era poder sair por aí desfilando uma peça costurada por mim e dizer pra quem elogiava: “fui eu quem fiz”. E é assim até hoje, já fiz carteiras pra mim e pra minha mãe, a case do meu celular. Pegar tutoriais na internet e me aventurar é algo corriqueiro para mim.

Mas o que eu vim dividir hoje são três receitinhas de "cosméticos" incríveis, que fazem verdadeiros milagres. A primeira é pro cabelo, já que não é nada fácil manter um loiro hidratado. E eu já sofri muito com pontas ressecadas! Mas desde que descobri o poder do açúcar e do Bepantol, nada mais me faz pensar em não pintar o cabelo. Tá aí a receita que eu uso:

1 colher de creme de hidratação (tem que ser de hidratação)
1 colher de açúcar cristal (aqui pode-se usar outro tipo de açúcar, como o mascavo ou o demerara).
1 tampinha de Bepantol líquido


É só misturar tudo, lavar o cabelo com shampoo e não passar condicionador, em vez disso, colocar o creme e enrolar em papel alumínio (ou colocar touca térmica). Eu deixo por 40 minutos, enxaguo e passo o condicionador normalmente. Secar ou não fica a sua escolha também. Quanto mais escuro o açúcar, mais componentes nutritivos ele tem. Eu escolho o cristal porque ele dá uma esfoliada no cabelo e eu acho ótimo!

A segunda receita é de máscara para o rosto. Nunca coloquei muita fé nessa porque minha pele é oleosa e eu imaginava que ia piorar. Mas não! A mágica não tem quantidade definida. Eu misturo um tanto do tamanho da ponta de um cotonete de Bepantol pomada com uma quantidade menor de Hipogloss. As receitas pelo Google afora mandam adicionar vitaminas, principalmente a C. Eu nunca coloquei e achei o resultado divino. A parte difícil é o cheiro da Hipogloss, mas colocando a máscara antes de dormir você mal sente, hahaha. Ao acordar é só tirar e pronto: em poucos dias sua pele fica hidratada, não afeta na oleosidade e diminui manchas indesejadas.

A última receita, mas não menos importante, é meu esfoliante corporal. AMO esfoliante, de paixão. O meu preferido era o de morango da Imaginarium, com sementes da fruta (que infelizmente não fabricam mais). Um dia, numa feira de artesanato da minha cidade, encontrei um natural e me apaixonei. Quando acabou eu fiz o óbvio: reproduzi em casa. E olha, além de funcionar muito bem, rende muito e deixa uma sensação deliciosa! A receita é muito simples também, porém eu misturo tudo no olhômetro. É sal marinho na quantidade desejada (eu coloco umas três colheres de sopa, o que sobra deixo guardado num potinho dentro box do banheiro e uso até acabar. Cada colher de sopa rende uns dois banhos), um pouco de óleo de amêndoas (mas não pode deixar ficar aguado, tem que ficar tipo um creme mesmo) e umas gotinhas de essência (estou usando a de romã no momento).

Prefiro mil vezes produtinhos caseiros do que muitos que vendem na farmácia.  Nem compro mais esfoliante corporal, só uso o feito em casa. E demoro mais para comprar creme de hidratação de cabelo porque usando a receita, gasta-se menos (imagine só usar o creme em vez de juntar com os outros ingredientes? No mínimo gastaria o dobro por aplicação). Máscara facial continuo comprando, confesso. Mas compro as de limpeza só, porque para a hidratação, o uso de Bepantol e Hipogloss tem suprido minhas necessidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário